Tendências para o Marketing Digital em 2019

 

Se tivesse que apostar nas tendências de Marketing Digital para 2019, quais seriam as suas apostas?

 

Estas foram algumas perguntas que a equipa da SlashWeb fez ao reunir-se para discutir os principais temas que já apontam e disparam como tendências no Marketing Digital em 2019.

 

Aproveitando a ida da equipa à Web Summit 2018, selecionámos uma série de temas – comentados – dos quais acreditamos que irão fazer parte do radar das marcas e mercados no decorrer do ano 2019.

 

Que comecem as apostas! 

 

 

 

 

Turismo – Como o Instagram será usado

 

 

Pode parecer piada mas sim, o Turismo será uma das primeiras e grandes apostas de 2019. Portugal, inclusivé, é coroado novamente como o melhor destino turístico do mundo em 2019, acumulando  números impressionantes (em 2017 foram 20 milhões de pessoas que passaram pelo país) de novos empreendimentos, apostas internacionais e sobretudo, de novas técnicas de marketing.

 

Um dos canais digitais mais utilizados em 2018 e que ganhará com certeza ainda mais força em 2019, é o Instagram. Até à pouco tempo, a rede que ganhava regularmente novos recursos para se manter em concorrência com outras redes do mesmo tema, no final de 2017 criou as “Stories” e ganhou uma autonomia que se fez acompanhar de uma forte presença de mercado (sem viver à sombra do seu irmão mais velho, o Facebook).

 

Preparem-se para uma chuva de marcas a distribuir os seus produtos e serviços de forma agressiva, criativa e cada vez mais inteligente nas redes. Influencer é a grande palavra do momento e nós, colocamos uma boa parte das nossas fichas nesta dinâmica.

 

 

Adeus, SPAM. Bem-vindo branding direcionado

 

 

É muito frequente que qualquer caixa de email acumule SPAM, aqueles e-mails chatos que não ninguém abre e que só acabam por acumular espaço, perguntamos então: porquê que as empresas ainda insistem em e-mails que sabem que vão para o SPAM?

 

Agora a pergunta é: O que é que se pode fazer para contornar esta situação?

 

Nós temos a resposta: Adeus SPAM, e bem-vindo ao branding direcionado.

 

Ao navegarmos na web imprimimos no mundo digital um estilo de vida – gosto musical, marca de carros, géneros de filmes e até preferências por um determinado tipo de roupa, tudo conta. As marcas ganham acesso a este banco de dados – caro e pago aos milhões – que armazena todas estas informações sobre a vida online de cada um.

 

São acumuladas informações suficientes sobre um público para direciona-lo a um conteúdo específico, desta maneira as empresas sabem exatamente para quem direcionam a sua publicidade e conseguem, de forma mais eficiente, chegar ao seu público-alvo.

 

Esta tática é utilizada no conteúdo que visualiza no Facebook, por exemplo. A própria empresa e o Google já deixaram bem claro que no processo de registo, o utilizador aceita os termos de privacidade, que em linhas pequenas e em linguagem legal permite às empresas usarem e lucrarem apartir destas informações.

 

Algumas empresas de Marketing Digital são especializadas nessa prática. Quer saber mais sobre Branding Direcionado? Fale connosco!

 

 

Cultura Data-Driven – E porquê que é tão importante

 

 

Ao ganhar domínio amplo do Analytics, as empresas podem compreender cada vez melhor os seus públicos de interesse e direcionar campanhas cada vez mais certas a esses públicos, utilizando os dados para ajustar o branding, a comunicação e definir os canais prioritários, ao mesmo tempo que antecipam tendências no seu segmento, o que permite uma renovação de produtos e serviços com uma maior facilidade.

 

 

Touchpoints no Marketing Agile – falhar nunca será tão bem visto.

 

 

Os conteúdos On e Offline vão ganhar mais velocidade, e as equipas de marketing terão que correr para que o termo Fail Fast, Learn Faster (falhe rápido, e aprenda ainda mais rápido) seja um mantra interno nas suas campanhas e estratégias. A velocidade com que uma estratégia é reprovada é algumas dezenas de vezes mais rápida do que a sua concepção.

 

 

Multi-equipas feitas de multi-profissionais para um multi-mercado

 

 

Não é exatamente uma tendência nova, mas repete-se ano após ano, e ganha força à medida que a tecnologia e as tendências mudam. Acreditamos que as equipas pedirão cada vez mais capacidades técnicas de profissionais capacitados em diversas áreas para a criação de campanhas para variados públicos. Isso faz com que as estratégias possam ganhar um nível de criatividade maior, e possa oxigenar campanhas que até então eram engessadas e tradicionais.

 

Quer uma demonstração do que está para vir?

 

Basta observar o que as grandes empresas requisitam de profissionais em qualquer área nos dias de hoje.

 

 

About the Author

Leave a Reply

PEDIR ORÇAMENTO GRATUITO